Dieta Mediterranea: patrimonio mundial da humanidade

Sabia que a dieta mediterrânea foi declarada em 2010, depois de alguns anos de candidatura, patrimônio mundial imaterial da humanidade?

Dieta rica em vegetais, fruta, verduras, cereais e azeite de oliva, substitui a presença da carne vermelha, próprias de outros regimes alimentares, o pescado.
Trata-se de um regime alimentar muito equilibrado nos seus componentes (açucares, proteínas etc) e que graças ao uso de alguns ingredientes fundamentais, como o azeite extra-virgem de oliva, consegue oferecer ao organismo anticorpos naturais, além de ter uma função anticancerígena e antioxidante.

Atrás do conjunto de palavras dieta mediterrânea tem muito mais que um regime alimentar: essa expressão refere-se também a um estilo de vida saudável e a um imaginário coletivo que preserva formas de preparação, cultivo, pesca e consumo da comida.

Clickando aqui poderás ler um interessante artigo para aprofundar a temática do site oficial da Unesco e um video de um dos noticiários televisivos italianos ao reportar a notícia da declaração oficial da unesco em 2010.

Lo staff di Partenope
image